Imagem
Foto/Imagem Paulo José / Acorda Cidade

Com pista reversível, trincheira da João Durval com a Presidente Dutra será inaugurada segunda

Com o funcionamento da trincheira, a sinaleira da Avenida Presidente Dutra será mantida, mas passará a funcionar em dois tempos, sentido Salvador e Centro.

Daniela Cardoso

A trincheira da Avenida João Durval, cruzamento com a Avenida Presidente Dutra, deve ser inaugurada na próxima segunda-feira (19). A informação é do secretário de Planejamento, Carlos Brito. Ele explicou como será o funcionamento.

“A diferença é que a trincheira da Presidente Dutra com a João Durval tem três faixas, sendo uma reversível. A da Maria Quitéria tem quatro faixas. Isso ocorreu na João Durval, devido às atividades comerciais que tem nas laterais. Se nós colocássemos quatro faixas, diante do quadro da atividade comercial dos dois lados, inviabilizaria a atividade comercial no local”, explicou.

O secretário afirma que a prefeitura agiu com bom senso e defendeu que a faixa reversível funciona em qualquer lugar do mundo. Segundo ele, essa foi a solução encontrada para não atrapalhar o comércio local. Brito disse ainda que um estudo foi feito para verificar os horários de pico no local e determinar o funcionamento da faixa.

“Houve uma contagem de tráfego para determinar em qual horário vai funcionar a faixa em dois sentidos. De manhã será o sentido Tomba/Getúlio Vargas e a tarde o inverso. Vamos lançar uma campanha publicitária, no princípio vamos ter agentes de trânsito para orientar os condutores e, além disso, teremos toda sinalização”, afirmou.

Com o funcionamento da trincheira, a sinaleira da Avenida Presidente Dutra será mantida, mas passará a funcionar em dois tempos, sentido Salvador e Centro. O secretário Carlos Brito explica que a sinaleira é necessária para facilitar a passagem de pedestres.

“Temos que ter essa sinaleira, pois teremos a conversão Feira/Salvador e Tomba/Centro. Além disso, existem os pedestres. Sem uma sinaleira ali como as pessoas vão atravessar aquela pista? São medidas que o tempo vai mostrar se dará certo ou não. Tecnicamente foi estudado e vamos executar. Vamos esperar a abertura para fazer uma avaliação em todos os sentidos”, afirmou.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade 


Compartilhar esta notícia

Notícias Relacionadas

0 comentário(s)

Faça o seu login ou cadastre-se para comentar!