Imagem
Foto/Imagem Reprodução

Um mês após instalação, faixa exclusiva de ônibus divide opiniões nas ruas

O superintende municipal de trânsito, Maurício Carvalho, avalia que já houve uma significativa melhora no fluxo de carros no local.

Desde o dia 31 de janeiro que a multa para o condutor que trafegar pela faixa exclusiva de ônibus está valendo e a penalidade para quem cometer a infração é de R$ 293,47 e sete pontos na carteira de habilitação. O superintende municipal de trânsito, Maurício Carvalho, avalia que já houve uma significativa melhora no fluxo de carros no local.

“Fizemos um período de trabalho educativo e divulgação por cerca de 15 dias. No final de janeiro começamos a implementar um trabalho mais ostensivo e fiscalizador e a grande maioria já respeita. A gente nota isso com a passagem mais tranquila dos ônibus. Alguns condutores ainda insistem em passar pelo local de forma erronia, mas seguindo a sinalização, respeitando a velocidade, não há temor pela notificação”, destacou.

O superintendente informou que ainda não há a contabilização da quantidade de multas que já foram aplicadas para os motoristas que desrespeitam a sinalização e trafegam pela faixa exclusiva de ônibus. Segundo ele, esse balanço está sendo feito e deve ser concluído em cerca de 10 dias.

Taxistas não podem transitar pela faixa exclusiva

Maurício Carvalho falou ainda sobre a passagem de taxistas pela faixa exclusiva de ônibus. Ele destacou que mesmo estando com passageiros, os táxis não podem transitar pelo local. O superintende disse que um estudo está sendo realizado nesse sentido.

“Estamos fazendo um estudo para verificar a possibilidade dos taxistas poderem circular na via exclusiva quando tiverem com passageiros. Estamos avaliando uma lei existente no município que já tem 12 anos e precisa de alguns ajustes. Então por enquanto, mesmo com passageiro, o taxista não deve adentrar na faixa exclusiva”, frisou.

Novas faixas exclusivas devem ser implantadas

De acordo com Maurício Carvalho, ainda este ano novas faixas exclusivas para ônibus devem ser implantadas em Feira de Santana. Ele afirma que as novas intervenções devem ser feitas com cautela e estudo.

“Pretendemos implantar ainda este ano na JJ Seabra com a Visconde do Rio Branco, vamos fazer um estudo para atender as situações existentes no local. Também faremos da Praça da Bandeira, sentido Olimpio vital”, disse.

Taxistas avaliam mudanças

Para o taxista Josemar Oliveira, o táxi deveria ter acesso a faixa exclusiva quando tiver com passageiros. “Ficou ruim pra gente. O trânsito já era caótico e com essa faixa ficou difícil. Somos transporte regulamentado e deveríamos ter acesso a essa faixa”.

Arivaldo de Jesus, que roda na praça há 25 anos, disse que o trânsito não está fluindo bem. “A intervenção é válida, mas a gente ainda não ver a diferença, pois os carros continuam rodando nas faixas. Deveria ter uma fiscalização melhor”, afirmou. 

Já Joelson Pereira, que sempre transita pelo local, avalia que com as mudanças, o trânsito está fluindo bem. “Tá ótimo e a tendência é melhorar ainda mais”. 

As informações são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade


Compartilhar esta notícia

Notícias Relacionadas

0 comentário(s)

Faça o seu login ou cadastre-se para comentar!